Busca

Rede de Divulgação

Noticia

O tesouro direto é melhor do que a poupança?

A poupança é provavelmente o tipo de investimento que o brasileiro está mais familiarizado. Ela é superpopular por aqui, e quando falamos em guardar dinheiro e fazer ele render para o futuro, certamente vamos ouvir muitas pessoas falarem nessa alternativa logo de primeira. Mas coladinha ali com ela, o tesouro direto ganha cada vez mais popularidade como um investimento seguro e rentável também.


Rio de Janeiro, RJ | 07/11/2018


A poupança é provavelmente o tipo de investimento que o brasileiro está mais familiarizado. Ela é superpopular por aqui, e quando falamos em guardar dinheiro e fazer ele render para o futuro, certamente vamos ouvir muitas pessoas falarem nessa alternativa logo de primeira. Mas coladinha ali com ela, o tesouro direto ganha cada vez mais popularidade como um investimento seguro e rentável também. Qual será a melhor opção? Vamos discutir um pouquinho sobre isso hoje.

Muitas pessoas optam pela poupança por ela ser extremamente segura, conforme explica Ruan Nogueira, da Turn Wise - Cursos & Investimentos. "Ninguém quer perder dinheiro, principalmente quando se trata de um sonho a médio e longo prazo , como juntar fundos para a faculdade do seu filho, comprar uma casa própria ou até mesmo abrir um negócio. Mas aí é que está, o tesouro direto é tão seguro quanto a poupança, e pode render um lucro muito melhor", explica. Cá entre nós, a poupança provavelmente não vai te gerar tantos ganhos assim. Vamos te explicar melhor a seguir.

Liquidez

Quando falamos em liquidez, estamos falando sobre como se dá o resgate do dinheiro investido. Muita gente opta pela poupança principalmente pela facilidade na retirada do valor acumulado. Em caso de qualquer imprevisto é possível resgatar o valor quase que imediatamente. Às vezes, até no mesmo dia o dinheiro já estará disponível para você, o que é ótimo e traz muita facilidade em casos de emergência.

Com o tesouro direto não é tão diferente. Ele também é bem fácil de ser resgatado pelo cliente. Esse tipo de investimento tem liquidez diária. Você não consegue fazer o resgate no mesmo dia, mas no dia seguinte certamente já terá o dinheiro em mãos. Porém, é preciso ficar atento, pois o tesouro nacional pagará pelo seu título o valor de mercado daquele dia, e não o valor acordado no seu investimento. Dos tipos de investimentos no tesouro disponíveis, a SELIC é a única que não tem essa regra.

Tributação

Talvez essa seja a parte em que a poupança ganha mais pontos. Esse tipo de investimento tem isenção do Imposto de Renda (IR) e sobre o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF). Já o tesouro direto acaba sendo tributado conforme a tabela regressiva. Quanto mais tempo de aplicação, menor será o valor a ser pago. Além disso, também passa pela taxa de custódia, que é de 0,3% ao ano. No entanto, mesmo com esses descontos, o tesouro direto ainda consegue ser mais rentável,

Rendimento

Essa talvez seja a principal questão, não é? Em termos de rentabilidade, qual é a melhor entre as duas opções?

A poupança tem seu rendimento calculado da forma explicada a seguir. Quando a taxa básica de juros (SELIC) fica acima de 8,5% ao ano, ela rende 0,5% ao mês mais a taxa referencial (TR), que geralmente é tão baixa que pode até mesmo ser desconsiderada. Quando a taxa de juros estiver abaixo ou igual a 8,5% ao ano, a poupança rende apenas 70% dessa taxa mais a TR.

Ou seja, o rendimento da poupança é muito baixo! Inclusive, ele é tão baixo que dependendo da situação o seu dinheiro pode crescer abaixo da inflação. Na prática isso significa que você pode até mesmo perder o potencial das suas economias, o que ninguém quer de jeito nenhum.

No tesouro direto o seu rendimento vai depender do tipo escolhido: tesouro IPCA+, tesouro IPCA+ com juros semestrais, tesouro prefixado, tesouro prefixado com juros semestrais e tesouro SELIC. O que podemos dizer é que o tesouro direto pode render até 11% ao ano, disparado muito mais do que a poupança.

No quesito rendimento podemos bater o martelo: o tesouro direto é de longe a melhor opção.

Veredito

Vamos falar a verdade? Não existem motivos muito expressivos para optar pela poupança no lugar do tesouro direto. Essa escolha é feita na maioria das vezes por uma maior familiaridade e facilidade que esse tipo de aplicação representa. No entanto, vale sair da caixinha e se informar. O tesouro direto pode render ganhos muito mais expressivos para você, e isso sem que você precise se arriscar em manobras arrojadas. Pense nisso!


Website: https://www.turnwise.com.br/